sexta-feira, 12 de abril de 2013

2 anos depois...

Há dois anos atrás, estava eu recebendo o meu pequeno, o meu galego, o meu caçula nos braços. Depois de nove meses de uma convivência super gostosa e tranquila. De nenhuma intercorrência, de muito amor e vontade, de muita paciência e de alguma ansiedade.

Há dois anos atrás, estava eu amamentando, sonhando, curtindo um novo momento, um novo bebê, sonhos que se renovam.

Há dois anos, estava eu assustada, atordoada, perdida depois de um "diagnóstico".

Meu trocinho pequeno
 

Como assim? Como pode ser? Um diagnóstico? E isso diz o que? Pois é, assim a gente fica ainda mais perdida... com medo, aflita e com uma ansiedade diferente. O que é isso que me dizem e como isso pode ter acontecido? Como é que eles podem transformar um momento de paz em aflição, em angústia, até mesmo em desespero, em medo? Como assim???

Ouvi até me dizerem que meu filho era a minha cruz... que eu ia carregar essa cruz, como Jesus carregou a dele, acreditem, eu ouvi isso!

Meu filho tão desejado, tão querido, tão sonhado... como é que ele pode ter se tornado uma cruz, um peso? Não, eu não conseguia entender isso. E chorava. Chorava não pelo que eu sabia (até porque eu não sabia de nada), mas pelo que eles diziam... e o peso disso me consumia. O peso das palavras, da pressão. Que medo. Que aflição. Ainda não entendia. E chorava, e sofria...

Mas, eu olhava para ele e só via amor... eu olhava para ele e só tinha vontade de beijar, de cheirar, de tocar, de ficar para sempre juntos... meu bebê, meu Lu... meu Luquinhas... meu galego lindo... Olhava para os lados e via um pai cheio de vontade de estar junto, cheio de fé, de amor, de cuidado... Eu via uma família e um monte de amigos ao redor cheios de amor. Sim, aquilo era amor, nada de piedade, de pena... Eles sentiam o mesmo medo que eu, mas olhavam para ele e sabiam que ele tinha chegado para mudar as nossas vidas. Que peso é esse, meu Deus?

Mas, Ele me respondeu: "peso nada, Vaneska... Lucas trouxe algo de muito leve em sua vida... veja com seus próprios olhos!"

Esse olhar me derrete...

E eu vi...  Eu vi o meu filho, com aquele olhar que só ele tem, com aquele sorriso singelo, tímido que se abre lindamente num expressão de pura felicidade. Danado, como o irmão... brincalhão, como o irmão, tranquilo, como o irmão, esperto, como o irmão.

E eu, mãe de segunda viagem, me percebi livre de tanto peso, de tanta pressão. Meu filho está a cada dia mais lindo, mais esperto, mais desbravador, mais corajoso, mais impetuoso... com aquelas perninhas curtas, ele vai longe!

Luquinhas, meu amor, você me libertou de tantas coisas... você, meu pequeno, com apenas dois anos me ensinou tantas lições, me transformou em uma outra pessoa... não é clichê! Não dá para ficar imune a seu poder. Você tem o poder de mudar o mundo a sua volta com apenas um sorriso, com um olhar. Você tem o poder de transformar pessoas, de fazê-las evoluir, amadurecer... Você é minha luz, você é a nossa luz... te amo demais, meu galego lindo... só consigo te amar e amar a cada dia mais...

Amorzinho gostoso!

E hoje, dois anos depois, eu mantenho a mente alerta, o peito aberto, a coluna ereta e o mais importante: o coração tranquilo... Estou transbordando de felicidade!!! Viva meu Luquinhas, viva, viva, viva!!!!

Ah... peso que nada, fala sério!!!


9 comentários:

  1. Parabens Lucas, parabens Vaneska, eh muito gratificante pensar no que eramos no dia que eles chegaram em nossas vidas e no que somos hoje, ne? Como a vida eh bela, como Deus eh infinito em sua sabedoria, entendo cada uma de tuas palavras, nosso pequeno tambem tem esse poder, o de transformar a enrgia em onde quer que passa, energia de vida e de amor. Muita luz e brilho em tua vida lindinho.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Vaneska!!!

    Parabéns a vocês por terem acolhido esse pequeno príncipe!! E parabéns a Lucas, que com certeza ainda viverá muitas aventuras!!

    Um cheiro!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Vaneska, que o Lucas ilumine ainda mais a vida de vocês e que esbanje saúde e felicidade!!! São meu votos e da minha família, beijos e sucesso!!!!

    ResponderExcluir
  4. Me desculpe a sinceridade, mas quem falou de cruz é que carrega o peso! O peso do preconceito e da inveja! Até porque não é qualquer mulher que tem a sorte de receber um presente tão abençoado quanto este que vc recebeu! Parabéns pro seu príncipe!
    Ahhh ... pireeei na primeira foto dele,coisa de Deus!
    beeijos

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog Vaneska. Faz dois meses que Deus me presenteou com uma sobrinha linda e encantadora com SD, a Malu, e, como você também passou pela situação, foi surpresa para todos, incluindo papai e mamãe. Um presente! Um anjo que apareceu de "carne e osso" para nos mostrar o real sentido da vida e nos fazer entender com toda simplicidade e complexidade o que é o AMOR. Pq é isso que nós, a família, sentimos por ela.
    E, seu blog foi "achado" nos primeiros dias quando pesquisava informações a respeito para descobrir tudo que podia ser feito para que a boneca pudesse ter uma vida tranquila e feliz. Achei mais interessante qdo vi que vc tb era de SSA. É bom ver que outras pessoas passam por essas etapas na vida e com fé e amor conseguem lidar com tudo e qualquer coisa. É reconfortante! É energizante! Parabéns!! E o seu Luquinhas é muito lindo!! Que Deus continue a iluminar muito o caminho de vocês!!! Saúde!
    Estou sempre por aqui agora! Bjs, Andrea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, sinta-se à vontade, já que são de Salvador, para me procurar. Podemos nos encontrar e vcs podem conhecer Lucas pessoalmente!
      Manda um e-mail, se quiser: vaneska.schmidt@gmail.com
      Forte abraço,
      Vaneska.

      Excluir
  6. Oi, Vaneska! Faz tempo que não nos falamos... Nosso encontro na Bahia não deu certo... eu estava louca para conhecer o Lucas. Eu fico super curiosa de conhecer crianças um pouco mais velhas que o Mateus. Não por nada... curiosidade mesmo... Porque adolescentes downs, a gente acaba vendo um pouco por aí. Mas pequenininhos, a gente vê pouco. Eu, pelo menos, pra ser sincera, ainda não conheci nenhum. O Lucas é uma coisinha mesmo. Ontem fiquei passeando pelo seu facebook, vendo as fotos dele e mostrando para o meu marido. Um fofo, lindo e, o mais importante, rostinho de felicidade. Que, como eu sempre digo, é o que importa. Faço minhas todas as suas palavras. Caramba, que susto que a gente passa quando descobre, né? Só a gente mesmo para saber o tamanho deste susto. Mas que aprendizado mágico é ir perdendo o medo aos poucos e descobrir que a síndrome não é este bicho de sete cabeças que a gente pensava. Meu Mateus, faz oito meses esta semana e é a coisa mais linda, querida e companheira deste mundo. Acabei de descobrir que estou grávida de novo. E sempre digo para o Mateus que só estou grávida por causa dele. Porque ele me fez descobrir um prazer enorme em ser mãe. Beijo grande para você e sua família! Ana Castelo Branco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Ana, como eu fiquei feliz com a sua notícia! Você não tem noção! Fiquei verdadeiramente emocionada, arrepiada de alegria! PARABÉNS!!! E que esteja protegida, coberta das bençãos de Deus neste seu momento... parabéns para seu esposo, para Mateus... que lindos! Que Deus te abençoe com uma gravidez tranquila e muito saudável! Manda notícias, viu?!
      E, pois é... como seria bom se nos encontrássemos!
      Aqui na Bahia, temos uma associação, a Ser Down e foi através dela que conheci muitas pessoas. Inclusive mães de pequenos, além é claro de encontrar outras tantas nas terapias da vida. Nós criamos um grupo e sempre nos encontramos para celebrar momentos especiais em nossas vidas. É um momento lindo de convivência das crianças, com ou sem down. É lindo e nos deixa sempre muito tranquilas, acolhidas, sabe?!
      Bom demais ver os maiores mesmo e poder trocar ideias, experiências.
      Um grande beijo e fique bem! Mande notícias sempre! Tudo de bom para vcs!
      Vaneska.

      Excluir
  7. Olá, meu nome é Lucia, sou professora, moro no interior de SP e também tenho uma menininha com SD e também temos um blog: http://sindromededownlauraaquino.blogspot.com.br/, quando tiver oportunidade, faça-nos uma visita e se possível indique o nosso blog, pois logo logo indicarei o seu no meu, assim muito mais pessoas conhecerão os nossos pequenos abençoados e com isso a gente consegue mostrar ao mundo o quanto eles são realmente especiais!!! Parabéns pelo blog e pelos seus filhos lindos!!!!! Grande beijo!!!

    ResponderExcluir